Tel Aviv é aqui

13set07

The Bubble (Ha-Buah)

Fui assistir a The Bubble (Ha-Buah, no original) sem saber muito o que esperar. Li no jornal uma pequena sinopse, vi que a temática era homossexual e me interessei. O filme se passa em Tel Aviv, e conta a história de um israelense, Noam, que se apaixona por um palestino, Ashraf. Os dois se esbarram pela primeira vez em um posto de fiscalização da Guarda Nacional, e circunstâncias levam Ashraf a ser acolhido em Tel Aviv pelos amigos de Noam.

The Bubble é um desses filmes que te faz pensar. No amor, na sociedade, na homossexualidade, na guerra. Eu particularmente me surpreendi muito com a semelhança entre a minha realidade e a deles. O cenário poderia ser o de qualquer centro urbano. Aqueles poderiam ser os meus amigos. Foram várias referências com que pude me identificar, desde memórias dos mesmos ídolos pop da adolescência até a vontade de viver em um mundo em que se possa coexistir pacificamente. Talvez por isso ao fim do filme eu tenha ficado tão inquieta e, semanas depois, ainda volta e meia pense nele.

Três pessoas se levantaram e foram embora durante a sessão. Perderam um filme lindo, que é não apenas uma ótima história gay, como simplesmente uma ótima história. Um dos grandes filmes do ano.

Anúncios


4 Responses to “Tel Aviv é aqui”

  1. Eu também perdi esse filme.
    Passou aqui pertinho do meu trabalho, no Cine Arte Uff. Mas o DVD não me escapa.

  2. 2 karen

    Li a sinopse tão rápido que fui pega de surpresa na primaira cena de beijo entre opalestino e o israelense. Um filme excelente. Durante todo o filme que aliás tem uma música brasileira tocando, repensei sobre o amor, a dor da perda, sobre intriga, ódio guerra e paz e me assutei ao concluir uma coisa obvia, dor, ódio, amor e tesão são universais. Se por ventura por pura estupidez alguém se levanta em um filme desses, minha nossa, sem comentários para tamanha estupidez…..

    Um filme sobre amor hetero, homo…. o amor universal….

  3. 3 Gabriel Toueg

    Oi. Gostei do que voce escreveu sobre HaBua. Moro em Tel Aviv, e respiro aqui no dia a dia essa realidade. :)

  4. 4 yara

    Eu já perdi as contas de quantas vezes já assisti ao filme. E cada vez me apaixono mais…
    Na cena em que eles – Noan e Ashraf estão olhando Tel Aviv, vcs repararam como Noan entorta a boca?
    Tão LIndo…. tão charmoso…. bem amei o filme!
    E a cena de amor deles quando voltam da Rave…. é fantástica.
    Quem não assistiu…. realmente perdeu…. rsrsr


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: