Parada Gay e Caminhada Lésbica 2008 – Eu fui!

31maio08

 

Esta foi a primeira vez que viajei a São Paulo para participar da Parada Gay – e também da Caminhada Lésbica, no dia anterior. O evento aconteceu no meio de um feriadão, o que provavelmente ajudou a lotar ainda mais a cidade. Gente vinda de todos os cantos do Brasil é que faz dessa a maior Parada Gay do país e uma das maiores do mundo.

O que vi: pessoas de absolutamente todos os tipos, comportamentos. Festa, engajamento, pegação. Pintosas, bofinhos, barbies, ladies, travestis, ursos, idosos (gays ou não), casais heterossexuais, famílias inteiras, crianças, gringos, três cachorros. “Arrá, urrú, a parada é nossa!”. Drags fotografadas a todo tempo, como se fossem atrações da Disney (vai lá, meu filho, tirar uma foto com a Branca de Neve!). Muito vinho em garrafa. Uma pessoa cheirando no meio da rua. Muitos folhetos sobre vários eventos, grupos de estudo, inclusive uma igreja – a Comunidade Cristã Nova Esperança, que se posiciona como uma igreja “a serviço da diversidade humana”.

O que ouvi e entreouvi: comentários raivosos de taxistas e funcionários do aeroporto sobre a cidade estar tomada de homossexuais e como isso era absurdo. Sempre seguidos pelo hipócrita “eu não tenho nada contra, mas…”

Minha opinião: a mesma de sempre. É muito importante existirem manifestações deste porte para mostrar que nós existimos e somos muitos, nem que seja uma vez ao ano.

A discussão sobre a Parada Gay costuma ser sua validade enquanto ato político. A meu ver, já é um ato político nós todos estarmos lá para mostrar e afirmar a diversidade sexual e afetiva. Contudo, a parada é sim uma grande festa ao ar livre – porque TAMBÉM precisamos disso. Se é a melhor plataforma para discutir e reivindicar direitos? Creio que não. Mas dá oportunidade a isso.

Vejo vocês por lá em 2009!

Anúncios


One Response to “Parada Gay e Caminhada Lésbica 2008 – Eu fui!”

  1. 1 Alice

    Acho importantes estes eventos, porque obrigam a sociedade a se lembrar que existimos.
    Mas não acredito que sejam muito eficazes no combate ao preconceito, pois a aceitação das diferenças é uma tarefa difícil demais para muitos seres humanos…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: